Nan Goldin lidera protesto no Metropolitan

Mais de cem pessoas participaram de protesto liderado pela artista Nan Goldin, no último sábado, no Metropolitan Museum of Art, Nova York. Os manifestantes jogaram embalagens de remédio no fosso que cerca a antiguidade egípcia “Templo de Dendur”, localizada na ala construída com doações da família Sackler em 1974. Os Sackler detêm a farmacêutica que produz OxyContin, um dos analgésicos opióides mais receitados no Estados Unidos, hoje ligado a milhares de mortes por overdose e a uma epidemia fora de controle. A fotógrafa, que batalhou por anos contra a dependência e passou por reabilitação no ano passado, fundou o grupo P.A.I.N. com o objetivo de responsabilizar a farmacêutica e combater a prescrição da droga. Mais detalhes sobre o império dos analgésicos podem ser encontrados na reportagem da revista The New Yorker (em inglês).