Obra desaparece da Bienal de Liverpool

Tempo de leitura estimado: < 1 minuto

Um dos projetos artísticos apresentados na Bienal de Liverpool deste ano foi destruída misteriosamente. A instalação, de autoria da artista Banu Cennetoğlu’s, consistia em uma lista com 34.361 nomes de refugiados e imigrantes que perderam suas vidas tentando chegar na Europa. Impressos em cartazes, os nomes estavam afixados na área externa de um prédio no bairro de Chinatown. No Twitter, a instituição pediu que que soubesse alguma coisa sobre o ocorrido que ajudasse a Bienal a encontrar os responsáveis.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
pt_BR