Pedro Moraleida: Canção do Sangue Fervente

Instituto Tomie Ohtake, São Paulo

Tempo de leitura estimado: < 1 minuto

Parte da vigorosa e extensa produção de Pedro Moraleida, interrompida precocemente com sua morte aos 22 anos, em 1999, é apresentada pela primeira vez em São Paulo. Desde 2016, o Instituto Tomie Ohtake tem trabalhado para viabilizar a primeira retrospectiva do artista fora de sua cidade, Belo Horizonte. Em Canção do sangue fervente, o curador Paulo Miyada reúne uma seleção de cerca de 200 trabalhos, de pinturas a poemas, que revelam a singularidade de uma obra que não se encaixou em nenhuma tendência e nem ao seu tempo. Com palavras, figuras, cores e traços, Moraleida construiu uma narrativa épica a partir de grandes séries povoadas de alegorias, símbolos e imagens de desejo, castração e violência.

Pedro Moraleida: Canção do Sangue Fervente
Curadoria: Paulo Miyada
Abertura: 04/12/18; 20h
Visitação: até 10/03/19; terça a domingo, 11h-20h
Instituto Tomie Ohtake: Av. Faria Lima, 201 (Entrada pela Rua Coropés, 88), São Paulo. Entrada gratuita.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support