Intitulada Distância, a primeira exposição da Pinacoteca de São Paulo especialmente criada para os meios virtuais, pensando no acesso público à arte, reúne cinco trabalhos de artistas contemporâneos que têm bastante firmeza na área. Esta estreia da Pina no mundo das exposições online tem curadoria de Ana Maria Maia.

A curadora conta que a escolha dos filmes se deu por meio de uma ideia compartilhada entre eles de sujeitos que foram, por alguma razão, “apartados de uma sociabilidade imediata”. Todas as obras fazem parte do acervo da Pinacoteca, sendo doadas ou em processo de doação no momento. São elas: Da janela do meu quarto (2004) de Cao Guimarães; O batedor de bolsa (2011) de Dalton Paula; Tarefa I(1982) de Leticia Parente; 9493 (2011) deMarcellvs L.; e A banda dos sete (2010) de Sara Ramo.

cao guimarães Da janela do meu quarto / From the Window of My Room, 2002
Frame de Da janela do meu quarto / From the Window of My Room, 2002, de Cao Guimarães

No dia 16 de maio, sábado, às 11h, a curadora da mostra irá realizar uma live na página do Instagram da Pinacoteca para contar um pouco sobre o processo de concepção de Distância.

A ação faz parte da programação virtual que a Pinacoteca tem realizado para driblar o isolamento social e estreitar os laços com o público enquanto não existem possibilidades físicas devido à quarentena. A exposição fica em cartaz até o dia 3 de agosto no site da instituição

Compartilhar