Prova de Artista

Fortes D’Aloia & Gabriel, São Paulo

Termo originário da gravura, as provas de artista são as cópias que o autor reserva para si, à parte da edição final de uma obra. Esta coletiva desloca este conceito de seu domínio original para investigar a relação de intimidade que o artista mantém com o próprio trabalho. Composta por obras de doze artistas, dentre eles Cristiano Lenhardt, Jac Leirner, Lucia Laguna e Mauro Restiffe, a exposição pretende desvelar questões próprias do fazer artístico, em geral são restritas aos bastidores da produção.

Para tanto, a mostra inclui, por exemplo, peças que já foram consideradas estudos por seus criadores, como Retalhos de Plástico (1996), de Leda Catunda, ou ainda trinta desenhos de Cabelo que são um excerto de uma série de 140 estudos a óleo para painéis, telas e murais, agora exibidos ao lado de anotações processuais. Outras estratégias são adotadas pela mostra, como criar diálogos entre diferentes obras de um mesmo artista a fim de elucidar a coerência de seu universo criativo. É o caso de Sara Ramo, que cria as esculturas de Matriz e a Perversão da Forma (2015) a partir das máscaras de papel presentes em seu vídeo Os Ajudantes (2015).

“Prova de Artista”
Visitação: até 24 de fevereiro de 2018; terca a sexta, 10h – 19h; sábado, 10h – 18h
Fortes D’Aloia & Gabriel – Galeria: Rua Fradique Coutinho, 1500, São Paulo. Entrada gratuita