Após um período de pausa por conta do isolamento social, respeitando as recomendações de autoridades da saúde sobre a Convid-19, a Sotheby’s vai retomar as atividades, no dia 29 de junho, com leilões “ao vivo”. Para essa volta, serão realizadas três sessões consecutivas: The Collection of Ginny Williams, Contemporary Art, e Impressionist & Modern Art. O evento será realizado através do site às 18h30 EST. Você pode acessar clicando aqui.

Os especialistas das principais cidades (Nova York, Hong Kong e Londres) estarão ao telefone com seus clientes habituais, remontando o clima costumeiro dos leilões tradicionais e estarão conectados ao leiloeiro Oliver Barker por meio de uma tecnologia que permitirá a transmissão em tempo real e sem atrasos.

Em Contemporary Art, obras de artistas como Basquiat, Andy Wahrol, Donald Judd e Helen Frankenthaler serão apresentadas e estarão disponíveis para receber lances. Marc Chagall, Léger, Picasso, José Clemente Orozco e Renoir são alguns dos nomes que integram o time de artistas que terão obras na sessão Impressionist & Modern Art. Já a sessão que leiloará obras da coleção Ginny Williams será a primeira de outras que acontecerão ao longo do ano, que oferecerá por volta de 450 obras para serem arrematadas, incluindo trabalhos de Joan Mitchell, Yayoi Kusama, Louise Bourgeois e Alex Katz.

A Sotheby’s também apresenta uma nova ferramenta em seu aplicativo para iPhone ou iPad, que busca driblar os tempos de isolamento ao permitir que o usuário veja a partir de realidade aumentada como uma obra ficaria em sua parede.

Compartilhar