Ana Cláudia Almeida e Carla Santana pintam piscina do Auroras

Selecionadas pelo edital Auroras, as artistas problematizam o limite da percepção poética e conceitual entre pintura, instalação e performance

Submersiva – Ato I
Submersiva – Ato I, 2021, de Ana Cláudia Almeida e Carla Santana

Com uma pintura em grande formato que acompanha as dimensões da piscina do Auroras, Ana Cláudia Almeida e Carla Santana apresentam o projeto inédito Submersiva – Ato I. Trata-se de uma pintura submersa em água, que problematiza o limite da percepção poética e conceitual entre a pintura, a instalação e a performance.

Submersiva – Ato I
Submersiva – Ato I, 2021, de Ana Cláudia Almeida e Carla Santana

Com seu processo de criação aberto aos visitantes, durante o mês de novembro todos que passaram pelo espaço puderam acompanhar uma coreografia desta pintura expandida performada pelas artistas. O “grande final” foi marcado pelo enchimento da piscina. Criou-se uma espécie de refração e distorção ótica na pintura, somando as formas orgânicas da tela com o movimento da água, combinando o reflexo do céu e do entorno.

Submersiva – Ato I
Submersiva – Ato I, 2021, de Ana Cláudia Almeida e Carla Santana

As artistas, que são amigas mas não costumam trabalhar em dupla, mencionam que “compartilhando afinidades intelectuais e trabalhando juntas, percebemos o interesse em construir um site-specific que conduzisse a relação da performance corporal com a performance da superfície”

Submersiva – Ato I

Local: Auroras

Endereço: Av. São Valério, 426, São Paulo

Data: Até 18 dezembro 2021