Tania Bruguera: Sem Título (Havana, 2000)

MoMA, Nova York

Esta é a primeira vez que a instalação Sem Título (Havana, 2000), da artista e ativista cubana Tania Bruguera (n. 1968), é exibida desde sua recente aquisição pelo MoMA. Inicialmente concebida para a 7ª Bienal de Havana, em 2000, a peça foi apresentada no Forte Cabaña, um bunker militar usado como prisão durante a Revolução Cubana. Combinando cana-de-açúcar moída, vídeos de arquivo de Fidel Castro e uma performance realizada na quase total escuridão, Sem Título (Havana, 2000) foi exibida por apenas poucas horas em seu contexto original, antes de ser censurada pelo governo cubano. No MoMA, a instalação fecha às segundas, para manutenção.

Tania Bruguera: “Sem Título (Havana, 2000)”
Visitação: até 11 de março de 2018; sábado a quinta, 10h30 – 17h30; sexta, 10h30 – 20h
MoMA: 11 W 53 Street, Nova York. Ingresso: US$ 25,00. Grátis às sextas, a partir das 16h