Tarsila Popular bate recorde de visitação no MASP

“Tarsila popular”, a mais ampla exposição já feita da artista Tarsila do Amaral – encerrada no final de julho –, tornou-se a a mostra mais visitada da história do MASP. Com 402.850 visitantes, superou outro fenômeno de público do museu, Monet, realizada entre maio e agosto de 1997. A exposição do impressionista, que mobilizou São Paulo à época, teve 401.201 espectadores.

Aberta ao público em 5 de abril, juntamente com Lina Bo Bardi: Habitat, a mostra Tarsila popular foi um sucesso de público desde o primeiro momento. No vernissage para convidados, na noite de 4 de abril, 1.800 pessoas formaram fila no vão livre para ver em primeira mão as 92 obras da exposição, entre pinturas e desenhos da modernista. Com forte procura nos quatro meses que esteve em cartaz, sobretudo na Terça Grátis Qualicorp, responsável por metade do público da exposição, “Tarsila popular” deu um salto em julho, mês de férias escolares. A mostra bateu sucessivos recordes. Na terça-feira 16, o MASP registrou 8.454 visitantes, marca histórica para um único dia no museu. Na terça seguinte, 23, Tarsila popular superou o próprio recorde, com 8.818 espectadores.