A Tate anunciou hoje a doação de uma importante pintura de Helen Frankenthaler (1928–2011), uma das principais figuras do expressionismo abstrato estadounidense no século XX. Vessel, de 1961, é um espetacular exemplo do trabalho da artista, e foi criado durante uma fase importante de sua carreira. A obra foi generosamente doada pela Fundação Helen Frankenthaler, de Nova York, e marca a primeira pintura da artista a entrar na coleção do museu. Agora a peça estará em exibição na Tate Modern, ao lado de outras quatro pinturas emprestadas pela Helen Frankenthaler Foundation, como parte de uma exibição gratuita que ficará em cartaz por um ano. A pintura é típica da fase de “manchas”, que levou notoriedade a Frankenthaler. A artista derramava tinta a óleo muito diluída direto sobre a tela crua, colocada diretamente no chão do estúdio. Isso lhe permitiu criar piscinas e linhas de tinta que ela movia com pincéis e outras ferramentas para produzir manchas de cores bem lavadas, translúcidas. “Não há regras”, dizia ela. “É assim que a arte nasce”.

Compartilhar