A Fondazione Prada apresenta “The Black Image Corporation”, uma exposição concebida pelo artista Theaster Gates, no Osservatorio da Galleria Vittorio Emanuele II. O projeto explora o legado fundamental dos arquivos da “Johnson Publishing Company”, com mais de 4 milhões de imagens que contribuíram para formar as linguagens culturais e estéticas da identidade cultural Afro-Americana.

Fundada por John H. Johnson em 1942, a editora criou duas publicações marcantes para o público negro: a revista mensal “Ebony” e a publicação-irmã, semanal, “Jet”, em circulação a partir de 1945 e 1951, respectivamente. Ebony e Jet tinham o compromisso de celebrar eventos cotidianos positivos e retratar as complexas realidades do negros americanos nos EUA do pós-guerra.

Para o Osservatorio da Fondazione Prada, Theaster Gates concebeu um coral e uma exposição participativa com foco nos trabalhos de dois fotógrafos: Moneta Sleet Jr. e Isaac Sutton. As imagens produzidas por esses artistas representam a variedade de padrões sociais dos Americanos Negros da elite social e do mundo das celebridades, assim como da política, do esporte, da beleza e da sexualidade, em uma estrutura desenvolvida por Gates especialmente para o espaço.

The Black Image Corporation
Abertura: 20/09
Visitação: até 14/01/19; segunda, quarta, quinta e sexta, 14h-20h; sábado e domingo, 11h-20h
Fondazione Prada – Osservatorio: Galleria Vittorio Emanuele II, Milão. Ingressos: €15 (inteira), €12 (reduzida)