Durante a última semana, separamos listas de obras que não podem deixar de ser vistas em alguns dos museus mais importantes pelo mundo. Seguindo o MASP e o MoMA, agora é a vez de mostrarmos alguns trabalhos do acervo do Louvre, em Paris, que merecem a sua atenção.

Por mais que a Monalisa, de Da Vinci, e A Liberdade guiando o povo, de Eugène Delacroix, sejam extremamente importantes, elas não fazem parte desta lista. Por quê? Bem, porque você vai até elas de qualquer forma se puder ter a chance de visitar o museu. Aqui, estão obras que você tem que ver além do óbvio!

O Louvre oferece visitas online e você pode entender como elas funcionam clicando aqui. Além disso, você pode visitar o acervo da instituição em seu próprio site ou nas plataformas virtuais do Google Art & Culture.

  1. Jean-Auguste Dominique Ingres, A Grande Odalisca, 1814.

2. Cy Twombly, instalação permanente The Ceiling

3. Paul Deleroche, Young Martyr, 1855

4. Michelangelo, Escravo morrendo, 1513–1516

5. Anselm Kiefer, Hortus Conclusus, 2007. 

6. Elias Crespin, L’Onde du Midi, 2020

7. Johannes Vermeer, O Astrônomo, 1668

8. Antonio Canova, Psique Reanimada pelo Beijo do Amor, 1793.

9. Antoine Watteau, O embarque para Cythera, 1717.

10. Hieronymus Bosch, Navio dos Loucos ou A Nave dos Loucos, 1490–1500.

11. Eugène Delacroix, Menina Órfã no Cemitério, 1824

12. Dama de Auxerre, +/- ‎650 a.C

13. Jean Le Clerc, The Raising of Lazarus.

14. Chapel of the tomb of Akhethotep, 3800 – 1710 aC.

15. Jan van Eyck, A Virgem do Chanceler Rolin, 1435

16. Agasias, filho de Dositeu, Gladiador Borghèse, 101 a.C.

17. Boscoreale treasure, s/d

18. Leonardo da Vinci, La Belle Ferronière, 1490

19. O Escriba Sentado, déc 2600 a.C.

20. Caravaggio, A Adivinha, 1598 – 1599

Compartilhar