Vadios e Beatos

Galeria da Gávea, Rio de Janeiro

Esta coletiva de 18 artistas, com curadoria de Marcelo Campos, parte de uma afirmação de Gonzaga Duque (1863 – 1911), um dos primeiros teóricos da arte do Brasil, que retratou a sociedade carioca como “vadia e beata”. Sua visão preconceituosa e pessimista, influenciada por teorias positivistas então em voga, levou-o a afirmar que não havia futuro para as artes no Brasil. Esta exposição retrata o triunfo dos vadios e beatos, do Carnaval e de todas as manifestações culturais brasileiras que nos tornam um país tão rico, paradoxal e idiossincrático.

“Vadios e Beatos”
Curadoria: Marcelo Campos
Abertura: 03 de fevereiro, sábado, 17h
Visitação: até 17 de abril 2018; segunda a sexta, 11h – 19h
Galeria da Gávea: Rua Marquês de São Vicente, 432, Rio de Janeiro. Entrada gratuita

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *