Alexandre Sequeira, Puã, 2005 – Acervo do artista

Deixe um comentário