Yayoi Kusama tem exposições simultâneas em três importantes metrópoles do mundo

Sob o mesmo título, individuais da artista estão em cartaz na David Zwirner, em NYC; na Victoria Miro, em Londres, e na Ota Fine Arts, em Tokyo

Vista da exposição Yayoi Kusama: I Want Your Tears to Flow with the Words I Wrote. FOTO: YAYOI KUSAMA/Cortesia Ota Fine Arts, David Zwirner and Victoria Miro

Galerias sediadas em três das maiores metrópoles do mundo acabam de abrir exposições individuais da artista japonesa Yayoi Kusama! Sob o mesmo título, I Want Your Tears to Flow with the Words I Wrote, as exposições na Ota Fine Arts (Tokyo), Victoria Miro (Londres) e David Zwirner (Nova York) apresentam uma série em comum! São ao todo 101 pinturas que fazem parte da série My Eternal Soul em exposição nas galerias. Esse projeto a artista realiza desde 2009 e que já possui mais de 800 peças, “que apresentam as qualidades exclusivas de todas as suas Infinity Nets e ecoam as geometrias obsessivas e recorrentes de sua produção de décadas”.


Ao longo do período pandêmico, ela volta a essa série, encarando-a que forma bem obstinada. Desta forma, o universo da mistura colorida volta às obras de Kusama, depois de um tempo realizando pinturas monocromáticas em preto e branco. Além dessas obras, ela apresenta algumas esculturas, como na instalação CLOUDS, na galeria japonesa, na qual peças de aço inoxidável espelhados são dispostas pelo piso de uma das galerias, fazendo referência a várias nuvens.

Já na galeria inglesa, podem ser vistas esculturas em bronze da artista. São uma nova série de abóboras de bronze, realizadas com uma dinâmica nova, que estão dispostas no andar superior e no jardim, tendo em suas superfícies uma geometria sofisticada com novos padrões de círculos. Sobre elas, a artista relata: “As abóboras têm sido um grande conforto para mim desde a minha infância. Eles me falam da alegria de viver. Eles são humildes e divertidos ao mesmo tempo, e eu os celebrei e sempre irei celebrá-los em minha arte”. O tema está presente também em novas Pumpkin paintings, que estão dispostas também pelo segundo andar da galeria.

A instalação CLOUDS.

I Want Your Tears to Flow with the Words I Wrote ganha também uma publicação homônima que estará disponível a partir do dia 10 de julho, mas que já pode ser reservada clicando aqui. Em forma de documentação, a edição compila as obras da mostra e apresenta também um texto reflexivo do poeta, crítico e curador japonês Akira Tatehata.

Em Londres e em Tokyo, a mostra fica até 31 de julho; enquanto em Nova York ela pode ser visitada até 3 de agosto. Além dessas exposições que abriram nas últimas semanas, Yayoi Kusama ainda tem individuais no New York Botanical Garden até 31 de outubro; e Berlim, até 15 de agosto, no Gropius Bau; e até 12 de junho de 2022 na Tate Modern, em Londres.