O PAC – Padiglione d’Arte Contemporanea di Milano apresenta a maior retrospectiva da artista ítalo-brasileira Anna Maria Maiolino pela primeira vez em uma instituição pública na Itália.

Trazendo inspiração do imaginário quotidiano feminino e da experiência de uma ditadura opressiva e marcada pela censura – regime em vigência no Brasil entre os anos 1960 e 1980 – Maiolino realiza obras cheias de energia vital, que se baseiam em um estilo único.

Atravessada pelo tema do amor por sua origem, sua família, sua terra escolhida e seu trabalho, a obra de Maiolino questiona a experiência humana, a dificuldade comunicativa e de expressão, e percorre a frágil fronteira entre fisicalidade e a esfera íntima e espiritual.

Com uma seleção de mais de 300 obras da artista, desde seus primeiros desenhos até suas últimas criações, a mostra inclui também uma grande pintura dos anos 1990, nunca antes exibida. Desenhos, pinturas, esculturas, fotografias, vídeos e instalações – incluindo um site specific realizado inteiramente em argila – contam por décadas uma história artística iniciada nos anos 1960 e até hoje profundamente vital e fértil, capaz de influenciar muitos artistas das novas gerações.

Anna Maria Maiolino: O Amor se faz Revolucionário
Abertura: 29/03
Visitação: até 09/06/19; terça a domingo, 09h30-19h30 (terça e quinta até 21h30)
PAC: Via Palestro 14, Milão. Ingressos: €8.

Compartilhar