Carregando Eventos

« Todos Eventos

  • Este evento já passou.

“O Que Fere Cura?” na Diáspora Galeria

30 setembro, 2023 @ 10:00 27 janeiro, 2024 @ 19:00

A Diáspora Galeria apresenta a exposição O Que Fere Cura?, uma convidativa reflexão sobre o poder da imagem e sua capacidade de curar. Com curadoria colaborativa, esta exposição conta com obras entre fotografias, objetos e instalações das artistas Bárbara Milano e Massuelen Cristina.

A exposição convida o público a mergulhar em um universo onde a cura e a criação se entrelaçam de maneira poética e transformadora. Através das lentes da fotografia, as artistas exploram temas que abrangem desde sociologia até memórias familiares, traumas coletivos e fenômenos culturais. Com visões profundas e sensíveis, Bárbara Milano e Massuelen Cristina revelam o poder da imagem como agente curativo e de mudança.

As obras apresentadas nesta coletiva são o resultado de um processo criativo que não separa o fazer artístico do objeto final. Com sensibilidade única, elas abrem caminho para um processo de internalização e externalização, convidando o espectador a se conectar com suas próprias histórias e as histórias que se materializam quando disponibilizadas para uma construção no campo coletivo.

Bárbara Milano introduz o conceito de “fotografia ritual” em sua pesquisa, influenciada pela conexão com o povo Huni Kuin e posteriormente com o povo Yawanawá, tendo visitado em 2022 a Terra Indígena Yawanawá do Rio Gregório, no Acre (recentemente terra indígena demarcada pelo atual governo). Sua abordagem criativa une sujeito e objeto, espectador e participante, destacando a arte como parte integrante da vida. Milano compartilha histórias familiares sujeitas a processos de feridas e curas, oferecendo um olhar íntimo que ecoa no trabalho de Massuelen Cristina.

Massuelen, por sua vez, mergulha em registros familiares, trazendo à superfície dores e possibilidades de novos arranjos. Suas imagens, embora autobiográficas, transcendem o pessoal, oferecendo uma perspectiva universal sobre rupturas e recomeços no contexto familiar.

Ambas as artistas demonstram como a fotografia pode ser uma linguagem poderosa e uma ferramenta capaz de compartilhar culturas, costumes e valores que moldam nossas subjetividades e nos ajudam a nos localizar em relação a nós mesmos e aos outros. Elas abordam questões identitárias, comunitárias e políticas, contribuindo para uma análise engajada sobre os fundamentos de nossa sociedade contemporânea.

Diáspora Galeria

Av Rebouças, 2915 – Pinheiros
São Paulo, SP Brasil
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support