Charles Ray (Chicago, 1953) é conhecido por suas esculturas enigmáticas, por meio das quais questiona as perspectivas e juízos dos espectadores de maneira inesperada. Partindo de objetos e referências cotidianas, Ray trabalha com diferentes escalas para contestar formas e discursos enraizados e estereotipados. Em Family Romance (1993), por exemplo, o artista traz uma família tradicional: um casal heterossexual e seus dois filhos, um menino e uma menina, todos nus. Subvertendo a escala da dimensão das crianças – que tem a mesma altura de seus pais – Ray realça uma percepção alterada de normalidade idealizada. Ainda que a maior parte das obras de Ray conforme-se de esculturas e instalações, no início de sua carreira ele experimentava com performances, como em Plank piece I & II (1973). Nesses trabalhos, seu corpo de fato era parte da escultura.

Charles Ray: Four Patterns
Abertura: 28/03/19
Visitação: até 08/09/19; aberto todos os dias, 10-22h
Museo Reina Sofía: Palacio de Velázquez, Parque del Retiro, s/n, Madri. Entrada gratuita

Compartilhar