Art Basel: vendas e recordes

A Art Basel, na suíça, acabou no último fim de semana (16/06) entre otimismo e grandes vendas realizadas já nas primeiras horas da feira. Alguns recordes foram batidos por colecionadores que levaram pinturas, esculturas e fotografias de artistas modernos e contemporâneos. Entre os destaques estão as vendas de obras de Mark Bradford, no valor de US$7.5 milhões e US$3.5 milhões, e de uma pintura de Gerhard Richter pelo altíssimo valor de US$20 milhões. Outros pintores que venderam obras com valores acima dos 7 dígitos incluem Kerry James Marshall, Rudolf Stingel, Richard Prince e Joan Mitchell, além da brasileira Beatriz Milhazes. Entre as fotografias a surpresa ficou por conta de Cindy Sherman, cuja obra foi vendida por US$950.000, um dos mais altos preços para este suporte no mercado primário. (via artnetnews)