Bruno Munari: a mudança é a única constante no universo

MCB, São Paulo

O Istituto Italiano di Cultura de São Paulo e o Museu da Casa Brasileira (MCB), instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, trazem para a capital a exposição BRUNO MUNARIa mudança é a única constante no universo, em cartaz entre 04 de setembro e 10 de novembro. Com curadoria do historiador Alberto Salvadori, a mostra apresenta 117 trabalhos do designer e artista italiano, dando uma visão geral do que foi produzido desde os anos 1930 até o final de sua carreira. A mostra conta com o apoio da Ferrero.

Para a exposição no MCB, foram selecionadas edições raras de livros de arte, que revelam a atuação de Munari no campo do design editorial, além de uma série  de livros infantis com a qual ganhou o Prêmio Hans Christian Andersen, em 1947. Poderão ser vistos também experimentos que Munari fez com a utilização de luz em superfícies diversas – como projeção sobre parede, xerox e estudos sobre luz polarizada. Outros exemplos da diversidade de sua produção são a série gráfica “Negativo positivo” e as “Esculturas de viagem” e “Côncavo convexo”, obra que obteve grande destaque na trajetória do artista, além de duas de suas peças mais conhecidas: “A cadeira para visitas breves” e “Habitáculo”, cama multifuncional para crianças – projeto vencedor do Prêmio Compasso d’Oro em 1979.

Bruno Munari (1907-1998) foi uma das figuras multifacetadas da arte e do design do século XX que, durante sua carreira, construiu uma verdadeira ideia de realidade alternativa. Foi designer gráfico, artista e pedagogo, e durante seu percurso profissional esteve em constante diálogo com diferentes formas e correntes artísticas. Seus projetos foram reconhecidos com quatro prêmios Compasso d’Oro, a mais antiga e prestigiada premiação de desenho industrial italiana, em 1954, 1955, 1979 e, em 1995, pelo conjunto da obra. Foi também agraciado por prêmios internacionais, como o Japan Design Foundation em 1985. Munari colaborou intensamente com a produção gráfica e editorial, tendo publicado diversos livros voltados para o público infantil. O método Munari, desenvolvido por ele e voltado à educação para a arte, ainda é aplicado hoje no mundo todo.

 

Bruno Munari: a mudança é a única constante no universo
Abertura: 04/09/19; 19h30
Visitação: até 10/11/19; terça a domingo, 10h-18h
Museu da Casa Brasileira: Av. Faria Lima, 2705, São Paulo. Ingressos: R$ 15 e R$ 7,50 (meia-entrada). Gratuito aos finais de semana e feriados