DRAG: Self-portraits and Body Politics

Southbank Centre, Londres

O Southbank Centre apresenta “DRAG: Self-portraits and Body Politics”, exposição que traz trabalhos de mais de 30 artistas que usam a arte de drag para explorar ou questionar identidades, gêneros, classes sociais e política, entre a década de 1960 e os dias atuais.

Junto de obras de artistas consagrados como Pierre Molinier (1900–1976), VALIE EXPORT(b.1940), Robert Mapplethorpe(1946–1989), Ulay (b.1943) e Cindy Sherman(b.1954), a mostra inclui trabalhos de uma geração contemporânea mais jovem, que recentemente abraçou drag como sua forma de produção artística, incluindo Oreet Ashery (b.1966) e Victoria Sin (b.1991).

Ao invés de oferecer uma narrativa linear ou cronológica, a exposição visa apresentar múltiplas vozes sobre o assunto. Expandindo as representações tradicionais de drag, a mostra traz drag queens, drag kings, bio drags, de diversas gerações e históricos, muitos dos quais exploram as mudanças culturais dos últimos 50 anos e lidam com temas que incluem feminismo, a crise da AIDS e teorias pós-coloniais.

Artistas: Eleanor Antin, Oreet Ashery, Renate Bertlmann, Leigh Bowery, Genesis Breyer P-Orridge, Luciano Castelli, Adam Christensen, Francesco Copello, Jimmy DeSana, Rose English, VALIE EXPORT, Samuel Fosso, Lynn Hershman Leeson, Ann Hirsch, David Hoyle, Michel Journiac, Birgit Jürgenssen, Paul Kindersley, Suzy Lake, Robert Mapplethorpe, Ana Mendieta, Pierre Molinier, Tony Morgan, Hunter Reynolds, Cindy Sherman, Victoria Sin, Jo Spence, Sturtevant, Ulay, Martha Wilson, David Wojnarowicz & Jesse Hultberg, Ming Wong, Cerith Wyn Evans

DRAG: Self-portraits and Body Politics
Curadoria: Vincent Honoré
Visitação: até 14/10/18; quarta a segunda, 11h-19h (quinta até 21h)
Southbank Centre – Hayward Gallery: Belvedere Road, Londres, SE1 8XX. Entrada gratuita