Carregando Eventos

« Todos Eventos

“Iole de Freitas + Matthew Lutz-Kinoy + Trisha Brown” na Carpintaria

29 fevereiro @ 10:00 27 abril @ 19:00

Matthew Lutz-Kinoy, The Red G Dances Under a Pink Roof, 2023

A exposição Iole de Freitas + Matthew Lutz-Kinoy + Trisha Brown abre no dia 29 de fevereiro na Carpintaria, Rio de Janeiro, traçando caminhos entre as obras de cada artista, as artes visuais e os modos expressivos da dança. Desenhos, pinturas e esculturas formam uma teia de relações entre movimento e repouso, gesto e espaço, corpo e matéria. 

Desde a década de 1980, Iole de Freitas (1945 – ) trabalha principalmente com esculturas e instalações. As Arruaças (2022), esculturas de policarbonato e hastes de aço expostas, não tramam um volume, nem completam umas às outras, mas formam torções de planos em relação à sala, se interrompendo mutuamente. Cada escultura é autônoma, mas essa autonomia é solidária à situação ambiental constituída pelo conjunto, como o tecido movente de dançarinas chama a atenção às distâncias entre elas, aos intervalos e desencontros entre seus movimentos sincopados. Como se respondessem a correntezas invisíveis do ar, as Arruaças instauram uma rede de latência e direções possíveis. 

Trisha Brown (1936 – 2017) redefiniu a dança contemporânea. Nos seus dispositivos coreográficos, mesclava parâmetros rígidos à improvisação livre para ver como “o movimento revela estruturas, e as estruturas revelam o movimento”. O seu projeto envolvia desvincular a dança da configuração cênica determinada pela subordinação do gesto à música. As obras dessa exposição, desenhos de grandes dimensões feitos entre 2002 e 2006, foram executados em performances ao vivo, no estúdio ou no palco. Brown traduz a espontaneidade e liquidez da improvisação livre em grafismos abstratos de carvão, distribuindo sobre o papel marcas indexicais, rastros do dispêndio físico.

Em sua produção, Matthew Lutz-Kinoy (1984 – ) frequentemente escora-se em sistemas como a arquitetura, o paisagismo e as artes do corpo para orientar suas composições. Lutz-Kinoy declara que ele toma emprestado de coreógrafos a ideia de uma perspectiva aérea, posicionada diretamente acima do espaço, que permite uma visualização privilegiada de corpos em movimento. The Red G Dances Under a Pink Roof (2023), umas das 4 obras obras do artista que integra a exposição, revela particularmente bem esse modo de percepção que, diferente da vista frontal, permite enxergar trajetórias, transições e distâncias relativas no amplo espaço vazio, que aparece como reservatório de ocupações potenciais.

Os trabalhos mostrados neste diálogo transcrevem o movimento, impalpável e intangível, em matéria. Num acúmulo de síncopes, a ação se converte em espaço.

Fortes D’aloia & Gabriel Carpintaria

R. Jardim Botânico, 971 – Jardim Botânico
Rio de Janeiro, RJ Brasil
+ Google Map
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support