Melvin Edwards: Fragmentos Linchados

MASP, São Paulo

O MASP apresenta a exposição “Fragmentos Linchados”, do artista americano Melvin Edwards. A mostra reúne 37 esculturas de sua renomada série Fragmentos Linchados e abrange mais de cinco décadas de produção. Melvin Edwards é um artista e representante fundamental da arte afro-americana – e, aos 81 anos, estará presente na abertura da exposição.

Nascido em 1937, em Houston, no Texas, Edwards surgiu na cena artística de Los Angeles nos anos 1960, cidade onde fez sua formação como artista. No mesmo ano, ganhou sua primeira mostra no Museu de Arte de Santa Bárbara, que o lançou profissionalmente. Em 1967, mudou-se para Nova York e, em 1970, tornou-se o primeiro escultor afro-americano a expor individualmente no Whitney Museum of American Art. Edwards cresceu no ambiente racista dos Estados Unidos segregacionistas e, insatisfeito com o mundo
majoritariamente branco e elitista da arte, reflete em suas obras o seu engajamento e militância acerca de temas como raça, direitos civis, violência e diáspora africana.

As 37 obras que compõe a mostra no MASP têm relação direta com todas essas questões e com eventos que o marcaram. Pás, machados, ancinhos e ferraduras evocam o contexto rural do sul dos Estados Unidos, local onde o artista passou parte da infância, na casa de sua avó, no Fifth Ward em Houston, Texas, uma comunidade formada por afrodescendentes e imigrantes latinos. Os Fragmentos exibidos são esculturas de parede de pequena escala que utilizam objetos existentes de metal —como ferramentas, facas, ganchos e peças de máquina— soldados uns aos outros, criando obras que se situam na fronteira entre a abstração e figuração. Elas realizam uma síntese cultural singular, entre a escultura de solda modernista e o reducionismo minimalista, fazendo menção também
às tradições memoriais da escultura africana.

Melvin Edwards: Fragmentos Linchados
Curadoria: Rodrigo Moura
Abertura:
23/08/18, 19h
Visitação: até 22/11/18; terça a domingo, 10h–18h; quinta, 10h–20h
Masp: Avenida Paulista, 1578, São Paulo. Ingressos: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15 (meia); grátis às terças