Mira Schendel: Sarrafos pretos e brancos

Galeria Bergamin & Gomide, São Paulo

Tempo de leitura estimado: < 1 minuto

A exposição individual da artista suíça, naturalizada brasileira, Mira Schendel, apresenta cerca de 20 obras cuidadosamente selecionadas, produzidas entre as décadas de 1960 e 1980, circulando entre suas diversas fases criativas. Mira Schendel, uma das artistas brasileiras mais significativas do século XX, desenvolveu um corpo de trabalho extremamente complexo e único. Sarrafos (1987), última série completa produzida da artista, conta com 12 obras e quatro delas estarão em exposição na galeria. A série faz referência ao momento de incerteza política vivida no país.

Desenvolvida entre 1985 e 1987, a série Pretos e Brancos, que precede Sarrafos, é ‘lírica’, uma vez que sua ênfase está no movimento e no espaço. São pinturas de têmpera e gesso que, à distância, remetem a painéis planos pontuados por arcos e linhas. Porém, depois de uma inspeção mais minuciosa, revelam pequenas variações de textura que projetam sombras e formam sutis relevos esculturais.

Pinturas e outras obras produzidas sobre papéis de arroz japonês são caracterizadas por motivos geométricos minimalistas, linhas delicadas ou letras compostas que investigam noções de temporalidade e transitoriedade. Experimentando materiais efêmeros, Schendel tornou-se cada vez mais interessada em transformar letras e elementos linguísticos em objetos gráficos – uma abordagem mais comumente associada à poesia concreta. Nessas obras, as letras são liberadas e desconstruídas, levantando questões sobre linguagem, escrita, desenho e imagem.

Mira Schendel: Sarrafos pretos e brancos
Abertura: 22/05
Visitação: até 23/06/18; segunda a sexta, 10h-19h; sábado, 10h-15h
Bergamin & Gomide: Rua Oscar Freire, 379 lj 1, São Paulo. Entrada gratuita

 

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support