Pintura de Hockney bate recorde em leilão

A pintura Portrait of an Artist (Pool with Two Figures), do pintor americano David Hockney, foi vendida pelo surpreendente valor de 90.3 milhões de dólares em um leilão em Nova York ontem, sexta feira, 16/11. Datada de 1972, a peça desbancou um trabalho de Jeff Koons como obra mais cara de um artista vivo – com a guerra de lances durando apenas 9 minutos. Alguns dias antes, Chop Suey, de Edward Hopper, bateu 91.9 milhões de dólares no Leilão da coleção Ebsworth.