Atualizando elementos de sua renomada série Anxious Men, o artista estadunidense Rashid Johnson apresenta um conjunto de novas obras em uma exposição virtual realizada pela galeria Hauser & Wirth. A mostra intitulada Untitled Anxious Red Drawings terá 10% do valor da venda das obras expostas doado a um fundo de solidariedade de combate à COVID-19, revertido para Organização Mundial da Saúde. A galeria já tem feito isso com outras exposições online que aconteceram nos últimos meses, como parte de sua iniciativa #artforbetter.

O “contexto contínuo de instabilidade global e nossa nova realidade” é o que move os novos trabalhos de Johnson. A angústia da ansiedade trazida por esses tempos que vivemos em isolamento social é colocada nas telas por ele em um vermelho muito vivaz.

A série que dá origem a esse novo conjunto já abordava a questão da saúde mental como temática. Anxious Men é uma série de retratos em desenho que explicitam o caos e expressam aflições de viver no mundo contemporâneo. “Nunca pensei nos desenhos como um precursor de um objeto mais substancial. Sempre pensei nos desenhos como objetos finais”, explicou o artista.

Agora, em Untitled Anxious Red Drawings, os desenhos tornam-se mais pinturas que adentram esse universo do desassossego e da violência psicológica que alguns momentos têm potencial de praticar sobre nossos corpos.

Compartilhar