Carlos Motta: Deseos

Galeria Vermelho, São Paulo

Tempo de leitura estimado: < 1 minuto

Deseos [Desejos], filme de 2015 do artista colombiano radicado em Nova York Carlos Motta (n. 1978), expõe a maneira com que a medicina, a lei e a religião formatam discursos sobre o corpo (e, por consequência, os limites do que que o próprio corpo pode vir a ser) através da narração de duas histórias: a de Martina, que viveu na Colômbia no século XIX e foi processada por ser hermafrodita, e a de Nour, que viveu em Beirute durante o Império Otomano e foi forçada a se casar com o irmão de sua amante. Parte documental e parte ficção, o filme apresenta uma correspondência entre essas duas mulheres que enfrentaram as consequências de suas relações com parceiras do mesmo sexo, desafiando as normas de gênero. O filme estreou na Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Gothenburg (Suécia) em setembro de 2015 e foi exibido no Festival Internacional de Cinema de Roterdã. O roteiro é de Carlos Motta e Maya Mikdashi.

Ainda no dia 23 de fevereiro, acontece também na Galeria Vermelho a abertura de “Movimento Aparente”, do argentino Nicolás Bacal (n. 1985).

Carlos Motta: “Deseos”
Abertura: 23 de janeiro, terça, 20h
Visitação: até 24 de fevereiro de 2018; terça a sexta, 10h – 19h; sábado, 11h – 17h
Galeria Vermelho: Rua Minas Gerais, 350, São Paulo. Entrada gratuita

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support