A Fondation Cartier pour l’art contemporain apresenta a maior retrospectiva da consagrada fotógrafa brasileira Claudia Andujar. Desde os anos 1970 a artista dedica sua vida à fotografia e à defesa do povo Yanomami, etnia ameríndia cuja cultura se destaca no país.

Fruto de vários anos de pesquisa nos arquivos da fotógrafa, esta mostra – que tem curadoria de Thyago Nogueira, realizada originalmente para o Instituto Moreira Salles –, apresenta o trabalho Andujar por meio de mais de 300 fotografias em preto e branco ou coloridas, incluindo um grande número de imagens inéditas, além de uma instalação audiovisual, bem como desenhos feitos por artistas Yanomami e documentos históricos. Refletindo os dois lados inseparáveis ​​de sua abordagem, da estética e da política, a exposição revela a maior contribuição de Claudia Andujar à arte fotográfica e o papel essencial que ela desempenha na defesa dos direitos dos índios Yanomami e da floresta em que habitam.