Computador com vírus é vendido por US$1.3mi

Os leilões recentes tem trazido recordes nos preços das obras. No entanto, esta semana uma venda inusitada marcou o mercado de arte: um laptop infestado com alguns dos vírus mais devastadores foi arrematado por US$1.345 milhões de dólares. Criado como uma obra de arte, o computador estava rodando seis tipos diferentes de programas nocivos que, juntos, causaram prejuízos bilionários pelo mundo – “I LOVE YOU”, que circulou no ano 2000; “Sobig”, em 2003; “MyDoom”, em 2004; “DarkTequila”, em 2013; “BlackEnergy”, em 2015; e “WannaCry”, lançado em 2017. A obra, intitulada “The Persistence of Chaos” (A Persistência do Caos) foi criada pelo artista chinês Guo O Dong, que faz uso da internet e das tecnologias atuais em suas pesquisas e produções. (via Yahoo)