Exposição espalha obras de arte em outdoors pelo país

Como forma de aproximar a arte do público e também de responder ao momento presente que vivemos, o Viva Projects idealizou a plataforma M•A•P•A• (Modos de Ação para Propagar Arte). Dentro deste projeto acontece, a partir de 31 de agosto, nas 27 capitais dos estados do Brasil, a exposição No Calor da Hora. A mostra tem como objetivo também descentralizar a arte, fazendo com que territórios e espectadores para além do eixo Rio-SP possam vivenciar essa experiência da arte no espaço público.

As obras serão instaladas em outdoors, abrangendo um time de 27 artistas de vários cantos do país, que trabalham com os mais diversos suportes e linguagens. A curadoria é de Patricia Wagner, que comenta: “Procuramos contemplar a pluralidade da arte contemporânea em produções que abordam, em grande parte, questões ligadas à temas fundamentais do presente.   Pensando que o espaço público é também, por excelência o local da diversidade, das divergências e do debate”.

Obra de Augusto de Campos
Obra de Paulo Bruscky

Os artistas que participam da mostra são: Aline Motta, André Komatsu, Anna Costa e Silva, Anna Maria Maiolino, Arnaldo Antunes, Augusto de Campos, avaf, Bárbara Wagner & Benjamin de Burca, Dalton Paula, Denilson Baniwa, Éder Oliveira, Gê Viana, João Pinheiro, Karim Aïnouz, Lenora de Barros, Mabe Bethônico, Mauro Restiffe, Paulo Bruscky, Paulo Nazareth, Ricardo Basbaum, Romy Pocztaruk, Santidio Pereira, Sonia Gomes, Traplev (foto de destaque), Thiago Honório, Vera Chaves Barcellos e Vitor Cesar.

A mostra é dividida em quatro ciclos, que contemplam um grupo de cidades:
– Ciclo 1 (de 31 de agosto a 13 de setembro): Rio Branco, Curitiba, Vitória, Salvador, Cuiabá, Brasília.
– Ciclo 2 (de 14 de setembro a 27 de setembro): Manaus, Goiânia, São Luís, Fortaleza, Belo Horizonte, Belém, João Pessoa.
– Ciclo 3 (de 28 de setembro a 11 de outubro): Recife, Teresina, Rio de Janeiro, Natal, Maceió, Porto Alegre, Campo Grande.
– Ciclo 4 (de 12 de outubro a 25 de outubro): Porto Velho, Boa Vista, Florianópolis, Osasco (São Paulo), Aracajú, Palmas, Macapá.

Por causa da Lei Cidade Limpa em São Paulo, a obra será exposta no munícipio do Osasco.

Obra de Vera Chaves Barcellos
Obra de Ricardo Basbaum

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *