Mario Merz: Sitin

Fondazione Merz, Turim

Dando continuidade ao programa da Fondazione Merz, dedicado à divulgação do trabalho de Mario Merz, a exposição “Sitin” se apresenta como o mais recente projeto temático do artista na instituição. Iniciativas anteriores incluíam pesquisas sobre desenhos (2010), produção pictórica e desenho arquitetônico (2011), e sobre a relação entre natureza e cultura (2016).

Agora em 2018, celebrando os 50 anos dos movimentos da contra-cultura de 1968, esta mostra explora um período de ebulição criativa que levou a processos de transformação e mudança de visão do futuro de Merz, por meio de dezenas de obras de grande relevância histórica, criadas entre 1966 e 1973. Essa mudança envolvia todos os aspectos culturais: literatura, música, teatro, cinema, e também as artes visuais. Para Mario Merz, um dos protagonistas desse momento da história da arte, a intensidade daquele momento era essencial para a criação, e aqueles anos foram como um dia que durou uma década inteira.

Algumas das obras mais conhecidas de Merz, as peças em neon realizadas entre 1966 e 1969, incluindo “Lancia” (1966), “Salamino” (1969) e “Bicchiere trapassato” (1967), são centrais à exposição. A obra que empresta o nome ao título da mostra, “Sitin” (1968), is displayed in the centre of the main exhibition space, in the form of a sit-in protest.

Mario Merz: Sitin
Abertura:
07/06, 19h
Visitação: até 16/09/18; terça a domingo, 11h-19h
Fondazione Merz: 
Via Limone 24, Turim. Ingressos: €6 (inteira), €3.50 (reduzida)