Yuli Yamagata

Tempo de leitura estimado: < 1 minuto

O trabalho de Yuli Yamagata se encontra em um terreno impreciso – há elementos da pintura no uso de cores, estampas e composições; há aspectos esculturais na volumetria dos objetos que cria, em sua tridimensionalidade; há toda uma artesania na costura, ao mesmo tempo que há uma sensação de estarmos diante de um objeto fabricado industrialmente, por seu acabamento dúbio; há muita estranheza nas formas (pernas sem corpos, animais quiméricos e vegetações alienígenas), e uma imensa familiaridade com as cores, materiais e estampas, afinal, a artista lança mão de imagens conhecidas e reconhecíveis.

Graduada pela USP com foco em escultura, Yamagata vem desenvolvendo esses objetos-almofadas-esculturas-instalações nos últimos anos, sempre refletindo um estado de consumo e design de seu tempo. As combinações de populares estampas gritantes, cores feéricas de roupas de ginástica e formas arredondadas e macias que constrói criam um universo muito singular, de seres fantásticos, engraçados, esquisitos e ao mesmo tempo ordinários e precários em sua materialidade.

Yuli Yamagata (1989) é artista visual graduada em 2015 pela USP, bacharel em escultura. Entre suas principais exposições e projetos estão: “Rocambole” (Pivô / São Paulo); “Tropical Extravaganza: Paola e Paulina” (SESC Niterói / Rio de Janeiro); “Honra ao Mérito” (Forum UFRJ / Rio de Janeiro). Criou a cenografia e o figurino de “Sonhos de Uma Noite de Verão” (Satyros / Brasil). Participou das seguintes residências: Colônia de Férias #5, Ateliê 397 (São Paulo); Pivô Pesquisa (São Paulo); e Despacio (Costa Rica). Em 2018 foi indicada ao prêmio PIPA.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
pt_BR