Pinturas de Caravaggio, esculturas de Bernini e outros trabalhos de central importância para o início do Barroco Romano estão expostos juntos pela primeira vez no Kunsthistorisches Museum Vienna.

Entre 1600 e 1650, Roma foi um centro das artes que atraiu muitos artistas talentosos. Foi onde novas idéias foram desenvolvidas – instigado por Caravaggio (1571-1610) e continuado por Bernini (1598- 1680) – que passou a influenciar toda a Europa. 

Caravaggio e Bernini criaram imagens de pessoas que eram fiéis à realidade. Eles representavam corpos em movimentos para seguir o que os movia por dentro, os sentimentos das personagens. Essa conexão entre realidade e emoção era novo. Isto se tornou uma característica da era do Barroco. Portanto, esta exposição abre o diálogo entre escultura e pintura. Ela revela como Caravaggio e Bernini foram entendidos por seus contemporâneos. 

A representação das emoções humanas foi inovador na arte barroca. Caravaggio e Bernini aborda essas emoções à mão com cerca de setenta empréstimos do mundo todo assim como trabalhos da própria coleção do museu. As pinturas e esculturas da exposição contam histórias de admiração e espanto, do horror e do aterrorizante, de amor, visão, sofrimento e compaixão, vivacidade, movimento, ação e gracejo.

Caravaggio & Bernini
Abertura: 15/10/19
Visitação: até 19/01/2020; todos os dias, 09h-18h (quinta, sábado e domingo até 21h)
Kunsthistorisches Museum: Maria-Theresien-Platz, 1010, Viena. Ingressos: €5-€30