Bienal do Mercosul divulga artistas selecionados em Chamada Aberta

Primeiro edital nesse sentido realizado pela Bienal do Mercosul selecionou 20 artistas e coletivos para participar da exposição Transe, que acontecerá no Instituto Caldeira, em Porto Alegre

Estela Sokol, Light art installation plexi glas, 2010.

O primeiro edital de Chamada Aberta para artistas da Bienal do Mercosul divulgou na última semana o seu resultado! Foram artistas 20 artistas e coletivos selecionados pela equipe curatorial da 13ª edição do evento, Marcello Dantas (curador-geral) e Laura Cattani, Munir Klamt, Tarsila Riso e Carollina Lauriano (curadores adjuntos). Foram recebidas por volta de 880 propostas de artistas e coletivos de 22 países, entre eles Argentina, México, Estados Unidos e Alemanha. Dentre os artistas escolhidos estão 15 brasileiros.

Os projetos inscritos estão dentro da proposta de explorar e investigar “novas tecnologias, linguagens e materiais, assim como revisam saberes e técnicas tradicionais” e serão desenvolvido ao longo de seis meses para serem apresentados na programação da bienal, que acontece em 2022. Esta exposição referente à Chamada Aberta acontecerá no Instituto Caldeira e é intitulada Transe.

De acordo com Carmen Ferrão, presidente da fundação que faz a gestão da Bienal do Mercosul, foi criada “uma verdadeira comunidade, com um número incrível de participantes e com projetos vindos de diversos locais. E esse é o espírito da 13ª Bienal do Mercosul, uma mostra inclusiva e disruptiva”. Para o curador geral, os projetos selecionados surpreenderam por trazerem também “pesquisas que relacionam arte, biologia e elementos orgânicos que se mostraram consistentes e bastante inovadoras”.

Abaixo, confira todos os artistas selecionados:

Biosound Sculpture Group – Brasil e Espanha
Bruno Borne – Brasil
Cesar & Lois – Brasil e Estados Unidos
Craca – Brasil
Elias Maroso – Brasil
Esfincter – Peru
Estela Sokol – Brasil
Fernando Sicco – Uruguai
Franco Callegari – Argentina
Gabriela Mureb – Brasil
Guto Nóbrega – Brasil
Ivan Cáceres – Bolívia
Leandra Espírito Santo – Brasil
Lucas de Sordi – Brasil
Nati Canto – Brasil
Nídia Aranha – Brasil
Pedro Carneiro – Brasil
Pierre Fonseca – Brasil
Poema Mühlenberg – Brasil
Vítor Mizael – Brasil