Coletiva no CCBB RJ celebra Semana de 22 à luz da arte contemporânea brasileira

Dividida em seis eixos temáticos, a mostra com curadoria de Tereza de Arruda tem obras de 51 artistas e reúne pinturas, fotografias, desenhos, esculturas, instalações e novas mídias

Jaider Esbell, A Visita dos Ancestrais, 2021.

Uma coletiva no Centro Cultural Banco do Brasil no Rio de Janeiro reúne obras de 51 artistas brasileiros contemporâneos de diversas gerações para discutir os desenrolares da Semana de Arte Moderna de 1922, que terá seu centenário no ano que vem (Ouça aqui o podcast do AQA sobre este evento)! A mostra “Brasilidade Pós-Modernismo” tem curadoria de Tereza de Arruda e ficará em cartaz até 22 de novembro, apresentando pinturas, fotografias, desenhos, esculturas, instalações e novas mídias.

Gê Viana, Atualizações Traumáticas de Debret, 2019-2021.

A exposição está segmentada em seis núcleos temáticos, sendo eles Liberdade, Futuro, Identidade, Natureza, Estética e Poesia. O visitante poderá conferir trabalhos de artistas como Adriana Varejão, Anna Bella Geiger, Arnaldo Antunes, Cildo Meireles, Ernesto Neto, Ge Viana, Jaider Esbell, Rosana Paulino, Tunga, dentre outros. A curadora explica que a mostra “não é idealizada com o olhar histórico, mas sim focada na atualidade com obras produzidas a partir de meados da década de 1960 até o dia de hoje, sendo algumas inéditas, ou seja, já com um distanciamento histórico dos primórdios da modernidade brasileira”.

Adriana Varejão, Voluta e Cercadura, 2013. FOTO: Jaime Acioli

Tereza também ressalta que a exposição não é para ser enxergada como um apanhado definitivo acerca da proposta: “Não é uma mostra elaborada como um ponto final, mas sim como um ponto de partida, assim como foi a Semana de Arte Moderna de 1922 para uma discussão inovadora a atender a demanda de nosso tempo conscientes do percurso futuro guiados por protagonistas criadores”. Sendo assim, ela pretende colocar luz sobre as múltiplas características que compõem a arte contemporânea brasileira que é produzida nos tempos atuais “cuja existência se deve, em parte, ao legado da ousadia artística cultural proposta pelo Modernismo”.

Para visitar a exposição é necessário agendamento prévio. Clique aqui para fazer o seu. Também é preciso apresentar comprovante de vacinação para ingressar no edifício.

Brasilidade Pós-Modernismo
Curadoria de Tereza de Arruda
Data: até 22 de novembro
Local: Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB Rio de Janeiro (Rua Primeiro de Março, 66 – Centro, Rio de Janeiro – RJ)
Mais informações: bb.com.br/cultura