Edição de estreia da Latitude Art Fair ganha versão online

Feira organizada pela ABACT e pela Apex-Brasil irá ocorrer na plataforma Artsy

Esta semana tem novidade na área! É a edição de estreia da Latitude Art Fair, uma feira organizada pelo programa Latitude – Platform for Brazilian Art Galleries Abroad. De forma totalmente online e gratuita, a feira vai reunir mais de 50 galerias brasileiras em uma plataforma especial no Artsy, entre os dias 24 e 27 de setembro, tendo um preview no dia 23! 

Estarão presentes 14 galerias que se juntaram recentemente ao programa. Além das viewing rooms habituais, a feira terá ações que fazem o uso da realidade aumentada. A Latitude Art Fair surge em um momento que os gestores da Latitude buscam uma forma de manter o contato das galerias com o público nesse momento de pandemia. A galerista Luciana Brito, presidente da ABACT, conta que a feira é “um dos frutos desse novo olhar que tivemos em conjunto para o nosso negócio, como uma alternativa criativa de manter a arte em movimento”.

Falves Silva, no estande da Galeria Superfície

Promovido desde 2007 pela Associação Brasileira de Arte Contemporânea (ABACT) e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), o Latitude tem como objetivo incentivar o interesse internacional pela arte brasileira, promovendo o fomento do setor no exterior, realizando as seguintes ações: de capacitação, apoio à inserção internacional e promoção comercial e cultural.

Gabriela Machado, no estande da Galeria Anita Schwartz.

Confira abaixo galerias que já confirmaram participação na feira:

A Gentil Carioca (Rio de Janeiro), Andrea Rehder Arte Contemporânea (São Paulo), Anita Schwartz Galeria de Arte (Rio de Janeiro), Bergamin & Gomide (São Paulo), Bianca Boeckel Galeria (São Paulo) Carbono Galeria (São Paulo), Carcara Photo Art (São Paulo), Casa Triângulo (São Paulo), Casanova (São Paulo), Central Galeria (São Paulo), Choque Cultural (São Paulo), Galeria Athena (Rio de Janeiro), Galeria Aura (São Paulo), Galeria Berenice Arvani (São Paulo), Galeria Bolsa de Arte (Porto Alegre), Galeria Cavalo (Rio de Janeiro), Galeria de Arte Mamute (Porto Alegre), Galeria Eduardo Fernandes (São Paulo), Galeria Estação (São Paulo), Galeria Jaqueline Martins (São Paulo), Galeria Karla Osorio (Brasília), Galeria Kogan Amaro (São Paulo), Galeria Leme (São Paulo), Galeria Luisa Strina (São Paulo), Galeria Lume (São Paulo), Galeria Marcelo Guarnieri (São Paulo), Galeria Marilia Razuk (São Paulo), Galeria Mario Cohen (São Paulo), Galeria Matias Brotas (Vitória), Galeria Millan (São Paulo), Galeria Nara Roesler (São Paulo), Galeria Raquel Arnaud (São Paulo), Galeria Superfície (São Paulo), Galeria Ybakatu (Curitiba), Galeria Zagut (Rio de Janeiro), Galeria Zilda Fraletti (Curitiba), Janaina Torres Galeria (São Paulo), Luciana Brito Galeria (São Paulo), Mendes Wood DM (São Paulo), Múltiplo Espaço Arte (Rio de Janeiro), OÀ Galeria (Vitória), OMA Galeria (São Bernardo), Pinakotheke (São Paulo), Portas Vilaseca Galeria (Rio de Janeiro), Referência Galeria de Arte (Brasília), Roberto Alban Galeria de Arte (Salvador), Sé Galeria (São Paulo), Silvia Cintra + Box4 (Rio de Janeiro), Simões de Assis (Curitiba), Simone Cadinelli Arte Contemporânea (Rio de Janeiro), SOMA Galeria (Curitiba), Vermelho (São Paulo), Verve Galeria (São Paulo) e Zipper Galeria (São Paulo).

Mariana Palma, no estande da Casa Triângulo
Cabelo, no estande da A Gentil Carioca