Damien Hirst e Fondazione Prada vendem obras para apoiar crianças afetadas pela pandemia

Damien Hirst cria série para ajudar as crianças durante a pandemia

Enquanto discutido, no Brasil, sobre a volta às aulas em plena pandemia, o artista britânico Damien Hirst lançou uma campanha de caridade para ajudar crianças italianas cuja educação foi interrompida pela pandemia do coronavírus. 

Em parceria com a Fondazione Prada, Hirst criou quatro novas impressões de edição limitada que foram disponibilizadas online até meia-noite de 27 de setembro, cujos lucros das vendas serão doados para Save the Children, uma organização sem fins lucrativos internacional dedicada a fornecer acesso gratuito a oportunidades educacionais, econômicas e de saúde para crianças. Em junho, Save the Children lançou o programa “Riscriviamo il futuro” (Reescrever o Futuro), que hoje conta com 90 espaços educacionais em toda a Itália, além de oferecer apoio financeiro a famílias vulneráveis.

As impressões de edição limitada, intituladas Fruitful and Forever e com preço entre 475 e 1.420 dólares, nascem de detalhes da nova série de pinturas abstratas em grande escala de Hirst,Cherry Blossoms. Criada ao longo de dois anos em seu estúdio em Londres, a série retrata cerejeiras que dialogam com o estilo de Claude Monet, Vincent van Gogh e Georges Seurat.

“O COVID-19 tem sido devastador para muitas famílias em todo o mundo e o isolamento tem sido especialmente difícil para crianças que não puderam ir à escola”, disse Hirst em um comunicado. “Eu queria encontrar uma maneira de ajudar crianças de ambientes desfavorecidos que foram mais afetadas pelo fechamento de escolas e pelo apoio que elas fornecem.”

Damien Hirst em seu estúdio pintando Cherry Blossoms

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *