Carpintaria apresenta mostra de Carla Santana

Em espaço dedicado ao destaque de novos artista, Carpintaria recebe mostra individual de Carla Santana

Tempo de leitura estimado: 2 minutos
Órgão Pele, Carla Santana, 2021 (Crédito: Rafael Salim)

A Carpintaria, galeria dos sócios Fortes D’Aloia & Gabriel no Rio de Janeiro, possui um espaço frontal dedicado a introduzir novas vozes no circuito artístico. A voz da vez pertence à artista carioca Carla Santana, que vem explorando técnicas com argila e suas infinitas possibilidades. A mostra individual intitulada Poros e Acúmulos traz um conjunto de obras inéditas que só reforçam o seu interesse por esta nova técnica. 

A partir da mistura do barro com pigmentos naturais extraídos da terra, Santana produz uma massa aquosa que ela deposita sobre o papel e trabalha por meio de um processo de subtração e acúmulo, criando um surpreendente vocabulário morfológico que pode ser observado em obras como Órgão Pele

Extremidades, Carla Santana, 2021 (Crédito: Rafael Salim)

A artista começou sua carreira artística no Teatro, área de sua formação, e aos poucos foi migrando para as artes visuais carregando toda essa referência do palco, esgarçando  a experiência sensorial e fazendo do elemento tátil peça primordial de sua prática. É possível notar estas referências à medida que algumas das séries da artista como Extremidades, por exemplo, parecem ser decomposições de um mesmo movimento, como se ele fosse capturado em três ou quatro tempos. 

Foto-performance, 2021 (Crédito: Baraúna)

Na exposição, há também a exibição de uma foto-performance em branco e preto que acaba por sintetizar o trabalho de Santana, trazendo a figura de um corpo imerso de cabeça em um monte de argila. Esta obra une de forma clara as suas diferentes formações artísticas, sendo ao mesmo tempo uma performance montada para um palco e uma obra estática que convida a interpretação do observador

Por meio dela compreendemos também que o uso da argila em si, sendo um material essencialmente natural, completa o sentido que a artista confere a suas obras, “eu preciso do acúmulo para subtrair e criar uma imagem, a foto também é sobre o acúmulo, uma montanha de argila. Da terra viemos, para a terra voltaremos”, explica Santana. 

Serviço:

Poros e Acúmulos

Local: Carpintaria 

Endereço: Rua Jardim Botânico 971 — Jardim Botânico, Rio de Janeiro, Brasil 

Data: 30 de abril a 18 de junho de 2022

Funcionamento: Terça a Sexta-feira das 10h às 19h. Sábados das 10h às 18h

Ingresso: Grátis

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support