Anna Bella Geiger ganha nova mostra no Rio de Janeiro

Exposição na Danielian Galeria reúne cerca de 50 trabalhos, incluindo obras já conhecidas e sua produção mais recente

Tempo de leitura estimado: 2 minutos

A inquietante obra de Anna Bella Geiger ganha novo recorte na exposição Entre os vetores do mundo, que abre no próximo sábado, 26.3, na Danielian Galeria, no Rio de Janeiro. Lá, o público poderá conferir cerca de 50 trabalhos da artista carioca, entre obras icônicas e inéditas.

“A experimentação e a pesquisa determinam os vetores criativos de Anna Bella Geiger. Sua liberdade criativa se manifesta em diversos suportes e materiais. Por meio de apropriações, deslocamentos e ressignificações a artista incorpora questionamentos que perpassam toda a sua produção”, escrevem Marcus de Lontra Costa, curador da mostra, e Rafael Fortes Peixoto, co-curador, para o texto de parede.

América Latina, 1977, Anna Bella Geiger; foto: Jaime Acioli
América Latina, 1977, Anna Bella Geiger; foto: Jaime Acioli

Das obras históricas, estarão presentes alguns Viscerais, gravuras e aquarelas dos anos 1960, jogos entre fotografias e cartões-postais realizados em séries como Brasil nativo/Brasil alienígena (1976/1977), cadernos de artistas inspirados em antigas cartilhas escolares e pinturas da série Macios

Cais & Ocean e Bereshith com Flor, 2013, Anna Bella Geiger; foto: Jaime Acioli
Cais & Ocean e Bereshith com Flor, 2013, Anna Bella Geiger; foto: Jaime Acioli

Já da produção mais recente, destacam-se as gavetas criadas por Geiger que fundem referências geográficas com símbolos, linhas e formas. Além disso, serão exibidos desdobramentos de séries que a artista vem realizando sem interrupção desde os anos 1970, como Burocracia e RroseSelavy, resultado de intervenções em jornais inspiradas na prática de Marcel Duchamp. 

Burocracia, 2012, Anna Bella Geiger; foto: Fernando Costa
Burocracia, 2012, Anna Bella Geiger; foto: Fernando Costa

Completa a exposição a montagem da videoinstalação Circa (2006), em que a artista recria as ruínas de um sítio arqueológico. O trabalho foi mostrado anteriormente apenas na Fundação Eva Klabin e na 27ª Bienal de São Paulo. 

Pela ocasião da mostra, a artista lançará uma gravura em edição especial limitada a partir da obra Correntes Culturais (1976), na qual utiliza uma máquina de escrever para interferir sobre o mapa-múndi, jogando, de maneira crítica, com os conceitos de correntes culturais dominantes e dependentes.

Anna Bella – Entre os vetores do mundo

Data: 26 de março a 14 de maio de 2022

Local: Danielian Galeria

Endereço: r. Major Rubens Vaz, 414 – Gávea

Funcionamento: Segunda a sexta, das 11h às 19h

Ingresso: grátis 

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support