Renata De Bonis inaugura exposição individual na Galeria Superfície

Após um longo período morando fora do Brasil, a artista paulistana apresenta exposição individual “Vento Sul”

Tempo de leitura estimado: 2 minutos
Renata De Bonis
Vento Sul, 2021, de Renata De Bonis

Celebrando o início de sua representação pela Galeria Superfície, a artista paulistana Renata De Bonis inaugura no dia 27 de novembro a individual Vento Sul. Com texto crítico de Veronica Stigger, a mostra apresenta cerca de dezoito pinturas a óleo e a uma instalação feita por réplicas em bronze de galhos, sementes e cascas de árvores.

Inspirada pelo massa de ar polar que varre tudo o que encontra pela frente, Vento Sul é uma metáfora ao retorno da arista ao Brasil após um longo período morando fora. Às vezes em referência à obra do pintor romântico alemão Caspar David Friedrich, as pinturas de Renata De Bonis captura a melancolia dada na relação entre homem e natureza, com seus personagens ora retratados de costas para o espectador, ora diminuídos pela sublimação da natureza.

Renata De Bonis
Clareira, 2021, de Renata De Bonis

Em outas pinturas, pautadas pela ausência da presença humana, as paisagens se apresentam conceituais e contemplativas. Há uma atmosfera de silêncio que permeia a exposição, quase como se fosse possível escutar apenas o forte vento sul.  Como salienta Veronica Stigger “Não é acidental que, de todos os ventos, De Bonis tenha escolhido o mais impetuoso”.

Renata De Bonis
Duas luas, 2021, de Renata De Bonis

Vento Sul

Local: Galeria Superfície

Data: De 27 e novembro a 5 de fevereiro de 2022

Endereço: R. Oscar Freire, 240 – Jardim Paulista, São Paulo

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support