Almeida & Dale aborda transformações do Foto Cine Clube Bandeirante

Mostra integra comemorações do aniversário de São Paulo e da Semana de 22 e reúne 137 fotografias de 40 artistas

Tempo de leitura estimado: 3 minutos
"Sem título", sem data, Victorio Micheletti
Sem título, sem data, de Victorio Micheletti

A partir da década de 1940, a arquitetura, os retratos, as cenas de rua e a natureza foram reinterpretadas por integrantes do Foto Cine Clube Bandeirante (FCCB) ganhando aspectos geométricos e com experimentações de jogos de luz, sombra, ritmos e planos.

O FCCB, fundado em São Paulo em 1939, reuniu fotógrafos alinhados com o movimento conhecido como Escola Paulista, um dos pilares da fotografia moderna no Brasil. O grupo, berço de grandes nomes como German Lorca e Thomas Farkas, foi decisivo para transformar a linguagem imagética no país.

Em comemoração ao aniversário de São Paulo e ao centenário da Semana de Arte Moderna, que vai pautar ou, pelo menos, dialogar com grande parte dos eventos de artes visuais deste ano, a Almeida & Dale Galeria de Arte abre a exposição Foto Cine Clube Bandeirante: Itinerários globais, estéticas em transformação no próximo sábado, 29 de janeiro.

“São eles [integrantes do FCCB] que representam a expansão do espírito modernizador da semana de 22 e esta contribuição foi fundamental para a modernização da fotografia brasileira, colocando-a como um projeto coletivo artístico do Brasil para o mundo”, afirmam os curadores Iatã Cannabrava e José Antonio Navarrete. 

"Dama & cavalheiros", circa 1976, Jerzy Reichmann
Dama & cavalheiros, circa 1976, de Jerzy Reichmann

O recorte da mostra será de 1940 a 80, com ênfase nos anos 1960 e 70, e trará 137 fotografias de 40 artistas, incluindo nomes menos e mais conhecidos, e mulheres precursoras como Barbara Mors, Gertrudes Altschul e Madalena Schwartz. Além das fotografias, serão apresentados boletins e catálogos. 

"Sol e vento", circa 1950, Barbara Mors
Sol e vento, circa 1950, de Barbara Mors

Fotoclubismo em evidência

A exposição dá continuidade ao destaque que tem sido dado ao fotoclubismo e a fotógrafos que participaram do clube. Nos últimos anos, o movimento teve espaço na SP-Foto de 2020, no MoMA (que promoveu, no primeiro semestre de 2021, uma retrospectiva sobre a fotografia moderna brasileira) e na individual de Gertrudes Altschul do MASP — em cartaz na instituição até o próximo domingo, 30 de janeiro. Geraldo de Barros (Itaú Cultural e Luciana Brito Galeria) e Madalena Schwartz (IMS Paulista) também ganharam mostras no ano passado. 

"Paz", circa 1950, Sergio Trevellin
Paz, circa 1950, de Sergio Trevellin

Nessa linha, a Almeida & Dale iniciou, em abril de 2021, um processo de resgate, conservação e restauro da fotografia moderna brasileira por meio da inauguração de um setor dedicado à técnica, com exposições, preservação de patrimônio e interlocução com curadores, artistas e pesquisadores.

Foto Cine Clube Bandeirante: Itinerários globais, estéticas em transformação

Data: 29 de janeiro a 19 de março de 2022

Local: Almeida & Dale Galeria de Arte

Endereço: Rua Caconde, 152 – Jd. Paulista

Funcionamento: segunda a sexta, das 10h às 18h (entrada até 17h); sábado, das 10h às 16h (entrada até 15h)

Ingresso: grátis 

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support